1 de agosto de 2014

PISO NACIONAL: O REPASSE DO MÊS DE JULHO PARA OS ACSs JÁ FOI FEITO E O DOS ACEs?

O repasse da Atenção Básica ( Agentes comunitários de saúde - ACSs), referente ao valor do piso do mês de julho, já foi feito. No entanto, o repasse da Vigilância em Saúde - piso fixo de vigilância em saúde -, da qual vem a verba que paga os agentes de combate às endemias (ACEs), o depósito ainda não foi efetivado. Espero que essa demora seja justamente para adequar o repasse à Lei 12.994, para que o piso dos ACEs seja imediatamente cumprido.

31 de julho de 2014

NA SEGUNDA-FEIRA, A DIREÇÃO DA AACES E A DO SINDSEPS REÚNEM-SE COM A GESTÃO



Finalmente a gestão vai sentar-se à mesa para tratar das demandas dos agentes de saúde. A reunião será na segunda-feira, dia 4, com a diretoria da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador - BA (AACES ) e a do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps). Na pauta, o piso nacional, a situação dos ACEs de postos fixos e os reajustes que não vieram, como os 2,5% da Gratificação por Competência.
É AACES lutando para defender os direitos dos agentes de Salvador.
Temos que estar mobilizados, por isso  a direção da AACES está sempre buscando as respostas e propostas da gestão, seja na Semge ou na SMS, e, quando forem oficializadas, vamos marcar a data da outra assembleia, com os agentes comunitários e de combate às endemias.






SEXTA FEIRA O BABA VAI ROLAR SOLTO, E O SAMBA VAI "COMER" NO CENTRO!


CADA DIA MAIS GOSTOSO, PARTIDO ALTO E CHURRASCO APÓS O BABA


O baba do CCZ (como ficou conhecido), que na verdade acontece na arena do Imbui todas as sextas, dessa vez vem com mais uma novidade. Logo após o baba, a galera vai sacudir o esqueleto e saborear aquele bom e velho churrasco. Colegas de trabalho e amigos não podem perder toda sexta-feira a partir das 16h. Venha participar. Para tirar dúvidas, entre em contato com Ualace ou Albérico 8826-3858.









Amores e desamores da política baiana, vale a pena ver essa novela de quem quer nos representar



Adversários políticos na disputa pelo Senado Federal, Geddel Vieira Lima (PMDB) e Otto Alencar (PSD), trocaram farpas, na tarde de quarta-feira (30), através das redes sociais. Tudo começou quando o presidente estadual do PSD disse que o peemedebista herdou a herança do ex-senador ACM. Acabou que um foi taxado de "agressor" e o ouro de "caluniador".


“Nunca imaginei que @geddel_ fosse se apropriar da herança do senador ACM, o político q mais ele atacou, agrediu, caluniou e xingou”,  postou Otto Alencar.

Geddel, que não costuma a fugir de farpas, não economizou na acidez da resposta.

“Nem eu [pensei] que o senhor fosse ficar bajulando o PT de quem sempre falou mal”, rebateu Geddel Vieira Lima.





O bate-boca repercutiu nas redes sociais. Seguidores dos dois candidatos ao Senado “colocaram fermento no bolo” e opinaram sobre a herança do ex-senador Antonio Carlos Magalhães.

Ainda sobre este tema, também circula nas redes sociais um vídeo sobre os amores e desamores políticos dos candidatos.   Corre  nos bastidores do meio político que esse vídeo teria gerado o primeiro comentário de Otto Alencar sobre Geddel.
Fonte: Bocão News

Confira o vídeo, que teria provocado a discórdia:

30 de julho de 2014

PREFEITURA NÃO PAGA REFERENCIA II SOBRE A GRATIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIA, MAS COLOCA NO CONTRACHEQUE

 Uma das conquistas da campanha salarial de 2014 foi a antecipação da Gratificação de Competência de 2017 para 2014, ou seja, passamos de 35% para 37,5%. Só que, para nossa surpresa, ela coloca já neste contracheque,mas não paga, o que pode ser verificado na imagem acima. Além disso, basta compararmos o mês anterior com o atual e notamos que a referencia passa de 1 para 2. Portanto, não vamos aceitar isso! O engraçado é que a gestão nunca erra a mais, sempre a menos. Amanhã  vamos em busca de uma solução para essa falta de respeito com os trabalhadores.


A AACES LUTOU, E A GRATIFICAÇÃO DE PERIFERIA É UMA REALIDADE PARA OS ACSs

A Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador -BA (AACES), depois de várias mesas de negociação com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), conseguiu que os agentes comunitários  (ACSs) tivessem o seu direito à Gratificação de Periferia respeitado. "Hoje essa conquista é uma realidade para todos nós, e foi graças à luta da associação que conseguimos isso", afirma a ACS Ana Lice.
Isso apenas ratifica o compromisso da AACES em defender os direitos dos agentes de saúde de nossa cidade. E agora a batalha e pela implantação imediata do piso nacional.


AUMENTO E RETROATIVO JÁ CONSTAM NO CONTRACHEQUE, MAS O REAJUSTE NA GRATIFICAÇÃO POR COMPETÊNCIA NADA!


Colegas, o contracheque já está disponível, e o salário veio com o aumento mais o retroativo.  No entanto o percentual de 2,5%, que incidiria sobre os 35% da Gratificação por Competência, não veio. Isso significa uma perda de R$17,30 no bolso dos agentes. Mas amanhã a AACES vai pra cima deles, na SMS.



SALÁRIO AMANHÃ NA CONTA

Galera, o dindim já se encontra em "lançamentos futuros", portanto amanhã a grana vai estar na conta.


Posto de Santo Inácio faz testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites


Posto de Santo Inácio faz testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites
Iniciativa é voltada para mulheres da comunidade/Foto: Divulgação
O Centro de Saúde Santo Inácio, na Alameda 56, no bairro de Santo Inácio, realizará testes de HIV, sífilis, e hepatites nesta quinta-feira (31). Os procedimentos ocorrerão das 8h às 17h, e as pessoas saberão dos resultados em 30 minutos. A iniciativa será priorizada às mulheres da comunidade e faz parte da estratégia de ampliar o diagnóstico de HIV, sífilis e hepatites B e C em Salvador, dentro do projeto “Fique Sabendo”, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Depois de identificados, os pacientes soropositivos devem ser encaminhados para o Serviço Municipal de Assistência Especializada (Semae), na Liberdade, ou para o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Marymar Novais, no Dendezeiros, para iniciarem o tratamento totalmente gratuito. Salvador é a 12ª cidade entre as capitais brasileiras em incidência do vírus da Aids. Segundo a SMS, as unidades que realizam o teste de HIV aumentaram de 33, no início de 2013, para 96 unidades em maio de 2014. 

Bahianotícias

Justiça suspende contrato da prefeitura com empresa por aumento de preços no edital


Justiça suspende contrato da prefeitura com empresa por aumento de preços no edital
Foto: Maiana Marques/ Bahia Notícias
A 5ª Vara da Fazenda Pública acatou o pedido de liminar do Ministério Público Estadual (MP-BA) em que suspende a execução de contrato do município com o consórcio CLM para prestação de serviços das secretarias municipais de Saúde (SMS), Educação (Smed) e Gestão (Semge). O MP aponta, no pedido de liminar obtido pelo Bahia Notícias, a elevação dos preços de 374,81% no novo edital de licitação em comparação ao antigo de 2009, o que significa o aumento de R$ 442, 5 mil para R$ 1,7 milhão mensal, em valores aproximados, somente para prestação de serviços para a SMS. Na época, a companhia vencedora foi a Empresa Bahiana de Amarzéns Gerais (Embage), que atuará até setembro deste ano, quando expira o contrato. Além da ascensão do orçamento, não detalhado pelo Município, a promotoria ainda declarou que há “indícios gritantes” de que as exigências impostas no edital podem sugerir "favorecimento de certos concorrentes". Na liminar, foi pedido que qualquer ato que signifique o início da execução do contrato seja suspenso, sob pena de multa diária de R$ 50 mil em caso de infração, além da manutenção dos serviços feitos pela Embage. Apesar da antiga prestadora de serviços ter apresentado menor preço na sessão do Pregão Presencial, a companhia foi desclassificada por falta de documentos, o que levou à vitória do Consórcio CLM com a proposta de R$ 154 mi. No início de julho, o MP solicitou à Secretaria Municipal de Gestão (Semge) um documento em que fossem colocadas as diferenças entre os serviços prestados a partir de 2009 e os previstos para este ano, com o objetivo de entender o aumento dos preços. Em resposta, a secretaria encaminhou uma planilha em que não foram apresentados, contudo, os respectivos valores individuais. Os promotores consideraram que a réplica não justifica a alta elevação do montante. 

29 de julho de 2014

ANIVERSARIANTE DO DIA

Faz aniversário nesta data  o nosso colega Romilson, ACE do Centro Histórico. A família AACES o parabeniza por mais um ano de vida e deseja muitas felicidades.


Vacina contra a hepatite A entra no calendário nacional



SAÚDE

O Globo
Atualizado em 29/07/2014 16:01:44




A vacinação já começou no Distrito Federal, Goiás e Rio Grande do Sul

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, anuciou nesta terça-feira o início da campanha nacional de vacinação contra hepatite A. A campanha é dirigida a 3 milhões crianças de um a dois anos de idade. O governo estabeleceu como meta vacinar pelo menos 95% das crianças desta faixa etária. O ministério informa que já mandou 1,2 milhão de doses para os estados. A vacinação já começou no Distrito Federal, Goiás e Rio Grande do Sul.
A campanha faz parte do esforço do ministério em torno do Dia Mundial da Luta contra Hepatites Virais (28 de julho). Com a inclusão da vacinação contra hepatite A, o ministério passa a oferecer a população os 14 tipos de vacinas básicas, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), A vacinação de crianças de um a dois anos contra hepatite A é uma forma de se proteger contra a doença sobretudo na fase adulta.
- Já houve uma redução significativa da circulação viral da hepatite A no país, com a melhoria das condições sanitárias. Com a vacinação das crianças, grupo mais vulnerável e exposto à doença, podemos diminuir ainda mais a circulação deste vírus - disse Chioro.
O ministério considera muito importante que os pais levem os filhos aos postos de saúde para serem vacinados. A hepatite A pode ser letal, sobretudo na fase adulta. 

PREFEITURA DE ALAGOINHAS ABRE CONCURSO

  • O salário varia de R$ 878,61 a R$ 1.757,21, a depender do cargo e da carga horária
A Prefeitura Municipal de Alagoinhas, a 108 km de Salvador, divulgou edital para contratação de 69 profissionais de níveis médio ou superior. A remuneração varia de R$ 878,61 a R$ 1.757,21, de acordo com o cargo e a jornada desempenhada, que pode ser de 20h ou 40 horas semanais.
As vagas são para Coordenador Pedagógico (10), Intérprete de Libras (15), Motorista (10) e Professores de Artes (1), História (3), Letras com Inglês (3), e de Ensino Fundamental - Séries Iniciais (27).
Para efetuar as inscrições, os interessados devem comparecer na Biblioteca Maria Feijó, situada na Praça Ruy Barbosa, s/nº, Centro, em Alagoinhas, na Bahia, até o dia 1º de agosto, das 09h às 12h e das 13h às 15h.
BAHIANOTÍCIAS

ATENÇÃO AGENTES DE SAÚDE HOJE TEM AUDIÊNCIA PUBLICA


Não estou sabendo nada sobre isso', diz presidente estadual do PR sobre denúncias contra Bacelar


'Não estou sabendo nada sobre isso', diz presidente estadual do PR sobre denúncias contra Bacelar
Foto: Agência Câmara
Presidente estadual do PR, o deputado federal José Rocha disse não ter conhecimento das denúncias feitas pela revista Veja neste domingo (28), que envolviam seu colega de bancada, João Carlos Bacelar. “Não estou sabendo nada sobre isso”, limitou-se. Segundo a Veja, Bacelar cobrou do proprietário da empreiteira mineira Pavotec participação nos lucros da companhia em dois contratos fechados com a Valec, empresa pública ligada ao Ministério dos Transportes (MT) responsável pela construção de ferrovias. O Bahia Notícias não conseguiu contato com o parlamentar. O dirigente da sigla na Bahia – que terá seu cargo ocupado, em 2015, pelo próprio Bacelar, segundo a executiva nacional da legenda – ainda afirmou que “o partido não está envolvido de maneira nenhuma nisso”. Na reportagem, o PR, que está no comando da pasta, é apontado como operador de um suposto esquema de propina que pedia 4% do pagamento dos contratos da empresa firmados com o ministério – com a cobrança de Bacelar, afirma a Veja, o porcentual se elevou para cerca de 8%. Membro do Conselho de Ética da Câmara Federal, o deputado Félix Mendonça Jr. (PDT) informou que ainda não chegaram representações ao colegiado para a apuração das denúncias. “Inclusive eu nem posso ser o relator, caso seja feita alguma investigação, porque existe uma regra que impede que colegas do mesmo estado ou do mesmo partido possam apurar”, ponderou, em entrevista ao BN. O parlamentar também disse que não iria falar sobre o caso por ser “muito chato” comentar “suposições sobre um colega”.
Bahianotícias

28 de julho de 2014

Domésticas: Empregador deve assinar carteira até o dia 8


Esta é mais uma das medidas que passam a valer após a aprovação da PEC das Domésticas no ano passado, assim como a jornada de trabalho de oito horas e o pagamento de horas extras. Alguns direitos previstos pela lei ainda dependem de regulamentação.
Presidente em exercício da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da OAB-BA, a advogada trabalhista Cínzia Barreto explica que a nova lei não faz parte da PEC das Domésticas, mas vem na esteira da conquista de direitos.
"A obrigação não é nova. A novidade é o Ministério do Trabalho ter o poder de cobrar a multa e fazer uma autuação. A autuação já acontecia em empresas. Para o doméstico não existia", diz.
Apesar da lei, ainda há uma indefinição pelo Ministério do Trabalho de como será feita a fiscalização, já que um auditor não poderá entrar na casa das pessoas.
"O fato de a multa estar prevista em lei não significa que ela será automática. Só será multado o empregador que for denunciado ou acionado na Justiça pela doméstica", afirma a advogada trabalhista Isabelli Gravatá.
Apesar de apontarem as dificuldades de fiscalização, especialistas alertam que os patrões devem regularizar a situação antes do prazo para evitar denúncias e ações trabalhistas.
Pendências
A assinatura da carteira de trabalho deve ser retroativa: ou seja, a data de admissão deve ser a original e o patrão terá de arcar com o pagamento retroativo de direitos trabalhistas que não foram cumpridos, como recolhimento do INSS, 13º salário e férias.
"Se existir esse tipo de situação e o empregador quiser regularizar, é preciso contratar retroativamente e regular o recolhimento previdenciário. Vai existir um risco de multa, mas fica muito mais barato do que uma ação trabalhista", diz o consultor trabalhista Daniel dos Santos.
O consultor ainda recomenda que para casos em que o empregador esteja irregular há muitos anos, é indicado a análise de um advogado. "Se for até cinco anos, é bom estudar o caso como um todo para tomar uma decisão apropriada", afirma Daniel dos Santos.
Assinar a carteira de trabalho é simples e pode ser feito em casa, com ajuda da internet e telefone. Após solicitar a carteira de trabalho, o empregador vai preencher as informações pessoais e entrar no site do INSS para gerar os boletos do Guia de Recolhimento Previdencial (GPS). Na internet, também é possível calcular o recolhimento retroativo. Carnês do guia também estão disponíveis em livrarias.



A Tarde

27 de julho de 2014

FELIZ ANIVERSÁRIO, PAULO ROBERTO!


O aniversariante do dia é o diretor da AACES Paulo Roberto. Companheiro, que Deus continue abençoando grademente a sua vida. Feliz aniversário, Paulo! É o que lhe deseja toda diretoria da AACES


Parabéns! Muitas felicidades! 


26 de julho de 2014

25 DE JULHO: AACES PARABENIZA OS MOTORISTAS PELO SEU DIA

A Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador - BA (AACES) parabeniza os motoristas pelo dia. Nesta festividade, haverá  um café da manhã no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) para homenagear esses profissionais. 
Em  25 de julho é comemorado o Dia dos Motoristas, data na qual é celebrado São Cristóvão, padroeiro da categoria. Que o santo interceda por esses trabalhadores que têm a responsabilidade de conduzir vidas. 



 São Cristóvão é o protetor dos motoristas e dos viajantes. Viveu provavelmente na Síria e sofreu o martírio no século III. "Cristóvão"significa "Aquele que carrega Cristo" ou "porta-Cristo". Seu culto remonta ao século V. De acordo com uma lenda, Cristóvão era um gigante com mania de grandezas. ele supunha que o rei a quem ele servia era o maior do mundo. Veio a saber, então, que o maior rei do mundo era Satanás. Colocou-se pois, a serviço deste. Informando-se melhor, descobriu que o maior rei do mundo era Nosso Senhor. Um ermitão mostrou-lhe que a bondade era a coisa mais agradável ao Senhor. São Cristóvão resolveu trocar a sua mania de grandeza pelo serviço aos semelhantes. Valendo-se da imensa força de que era dotado, pôs-se a baldear pessoas, vadeando o rio. 

 Uma noite, entretanto, um menino pediu-lhe que o transportasse à outra margem do rio. À medida que vadeava o rio, o menino pesava cada vez mais às suas costas, como se fosse o pedo do mundo inteiro. Diante de seu espanto, o menino lhe disse: "Tiveste às costas mais que o mundo inteiro. Transportasse o Criador de todas as coisas. Sou Jesus, aquele a quem serves".


0RAÇÃO - " Senhor, que dissestes: "Quem vos recebe, a mim recebe"; e mais: "Quem não toma a sua cruz e me segue, não é digno de mim", fazei com que o bem-aventurado mártir São Cristóvão aumente em nós o amor de vosso nome e tenhamos a felicidade de ver-nos em nossos irmãos no caminho da vida. Amém".






FELIZ ANIVERSÁRIO, MÁRCIA!

A Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador - BA (AACES) parabeniza a agente de saúde Márcia Martinez pela passagem do seu aniversário. Felicidades, Márcia!



A AACES quer saber quem aniversaria. Para isso, pede aos agentes que enviem a data do aniversário para o e-mail bira200@hotmail.com, para que  o blog da AACES possa homenageá-los. 

25 de julho de 2014

Diário publica resultado da licitação do transporte de Salvador


Diário publica resultado da licitação do transporte de Salvador
Foi publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira (25) o resultado da licitação do transporte público de Salvador. Segundo a publicação, o Consórcio Plataforma administrará a Área de Operação “A”, o Jaguaribe atuará na Área de Operação “B” e o Salvador Norte, na Área de Operação “C”, em que "A" corresponde ao Subúrbio, "B" ao chamado "miolo" da cidade e "C" à região da orla. O Consórcio Plataforma é formado pelas empresas Praia Grande, Axé, Boa Viagem e Joevanza. O Jaguaribe é composto pelas viações São Crsitóvão, Expresso Vitória, Modelo, RD, Transporte Sol, Triunfo, União e Unibus Bahia. Integram o Salvador Norte a BTU, ODM, Verde Mar e Viação Rio Verde. A segunda fase da licitação havia sido iniciada nesta quarta-feira (23). De acordo com o secretário municipal de Urbanismo e Transporte, Fábio Mota, na primeira fase do processo licitatório foram comprovadas as condições dos três concorrentes em pagar pela concessão . Os valores são de R$ 35,47 milhões para a região da bacia do Subúrbio, R$ 86,37 milhões pelo chamado "miolo" da cidade e R$ 57,86 milhões pela exploração da região da Orla. Já nesta segunda fase, a comissão analisou a situação jurídica e fiscal dos consórcios, além de suas estruturas operacionais. 

 Bahianotícias

Parceiro não desejar casamento nem sempre significa falta de amor


Nem sempre o casamento está nos planos dos dois lados de um casal, por isso é importante alinhar as expectativas no relacionamento

POR ESPECIALISTA -


Nem sempre um casal concorda em tudo. Muitas vezes um dos parceiros em um relacionamento sonha em se casar e o outro não quer nem pensar em botar os pés na Igreja ou no cartório. Pois é, isso acontece e é mais comum do que muitos imaginam! Apesar de se gostarem e estarem juntos há certo tempo, é comum que um lado do casal não tenha o mesmo interesse em casar assim como o outro. E isso não significa, necessariamente, que não ame ou que não tenha planos para aquela relação. É, eu sei, é uma ideia confusa, mas espero conseguir esclarecer ou ampliar as reflexões sobre o tema a seguir. 

A origem do casamento

Socialmente viemos de um contexto em que as relações existiam por movimentos políticos, serviam para firmar negócios e garantir um propósito social na vida das pessoas. Casar era uma negociação e uma obrigação social, não era considerado o desejo, o amor e sentimentos neste arranje, isto não cabia a um casamento. 
Os tempos mudaram e as relações também. Dessa forma, a escolha pessoal e sentimental passou a ganhar força e ser fundamental nas relações humanas. As pessoas passaram a buscar suas relações através de sentimentos, identificações, desejos e planos particulares para um futuro. Porém, ainda carregam consigo alguns tabus históricos e muitas vezes não se dão conta de que acabam apenas repetindo certos padrões. É o caso do casamento, que normalmente se torna gerador de confusão, pois, mesmo com tantas mudanças de hábitos e ideias, muitos casais ainda se veem diante de crises quando chegam neste ponto, sendo assombrados pelo fantasma da obrigação. 
Muitos casais, prestes a subir no altar, não sabem bem responder por que estão casando. E quando questionados, respondem algo similar a: "porque estamos na idade de casar", "porque namoramos há muito tempo", "porque todos já casaram", "para ter filhos", "porque sonho com a igreja e a festa" ou "porque minha família quer". 
Nestas respostas não vemos de fato uma consciência sobre o casamento! E esta falta de consciência sugere uma ausência de um desejo real, ou seja, falamos de fantasias e repetições de padrões sociais e mesmo que os noivos se amem, parece que o amor cede espaço para a obrigação, acaba faltando interação entre razão e emoção. É comum usarmos como discurso que o amor é quem nos une. Não discordo da importância deste ponto, mas, na verdade, não escolhemos ou ficamos com alguém unicamente por sentimentos amorosos. Vários estudos mostram que nos atraímos pela outra pessoa tanto por desejos primitivos, sexuais e de procriação (atração física) como também pela estrutura que aquela pessoa nos retrata, ou seja, sua personalidade e cultura. Buscamos, mesmo que inconscientemente no outro, preencher ou satisfazer nossas necessidades particulares. E este é o ponto, do conflito, pois o fato de gostarmos de alguém e estarmos há certo tempo com aquela pessoa não significa que ambas as partes pretendam casar! 

Por que casar ou não casar?

Muitas relações em nossas vidas são passageiras (independente o tempo), pois possuem como base o único interesse em satisfazer sua carência pessoal (tanto sexual, como também para ter uma parceria em certos momentos de vida). Mediante a isso, é muito comum casais permanecerem ao lado um do outro por anos e gostarem desta acomodação, mas não ter interesse em uma construção futura. E é este ponto que merece atenção! 
Não ter interesse em casar não significa que o parceiro não ame ou não tenha carinho sincero pela outra parte. O que pode estar acontecendo é que estas duas pessoas vivem momentos diferentes de vida ou mesmo possuem referências históricas bem opostas sobre o assunto. Há pessoas (tanto homens quanto mulheres) que crescem buscando, desejando ou imitando o sonho de um casamento. Assim como também há aqueles que entendem o casamento como um meio difícil e gerador de estresse ou de aprisionamento e por isso buscam evitar ou tardar o máximo que podem chegar a esta etapa de vida. 
Esta divergência do tempo e também nas formas de enxergar a vida por ângulos diferenciados são bases fundamentais a serem consideradas numa decisão conjunta e de longo prazo, como é a proposta do casamento. Não estou retirando a importância do amor ou dos sentimentos, ao contrario, estou agregando outros ângulos que merecem atenção, reflexão e diálogo do casal. E podem ajudar em um final feliz, independente se vão casar ou não. 

Diferentes opiniões

Não é preciso muito esforço para perceber se há uma divergência no casal quanto a este assunto. Basta um reparar na reação do outro quando o assunto surge. As piadinhas que sugerem ideia de estar aprisionado, usando coleira, perdendo a vida e a diversão, são movimentos que mostram que aquela pessoa não está favorável a ideia, ao menos não no momento. Também vale reparar nos noivados, que não possuem data para o casamento e podem durar anos e até década! Esta necessidade de adiar ou de não falar sobre o assunto mostra claramente que um dos lados não está muito a vontade com o plano ou mesmo que não deseja realizar esta etapa, mesmo que goste muito da pessoa. 
Ao contrario do que muitos dizem, morar junto não necessariamente é enrolar ou adiar casamento. Muitas vezes já é o próprio casamento, mas se torna mais leve, por estar livre das pressões sociais e familiares. Morar junto já uniu muitas pessoas e muitas se tornam casadas assim. Vivendo a experiência conjunta perdem o medo e abrem espaço para firmar um casamento. Porém, assim como tudo na vida, não devemos acreditar que morar junto serve para todos, porque isso não acontece. Isto é, há casos em que morar junto pode não firmar a relação. 
Não existe técnica ou forma ou tempo para casar. O que existe são duas pessoas diferentes, mas com pontos em comum, por isso se aproximaram e demonstram querer estar juntos. Estas duas pessoas, com seus sentimentos e visões sobre vida, pessoal, familiar e profissional, devem se questionar abertamente, conversando muitas vezes e assim formando opiniões sobre planos e desejos futuros, entendendo um ao outro. É este dia a dia que irá responder sobre o sim ou não! 
Durante o namoro, muita coisa pode ser respondida e serve para análise do futuro daquele casal. Exemplo: quando uma das partes vive falando como vai ser sua cerimônia de casamento, quantos filhos terão, como será sua casa e etc., esta pessoa está dizendo que pretende casar e busca uma parceria para concluir este desejo ou ideia. Assim como quando uma das partes vive ridicularizando, fazendo piadinhas que menospreze um casamento, ou só pensa em custos, valores, perdas de liberdade, então esta pessoa está dizendo que não vê o casamento como algo bom e talvez não seja algo desejado em sua vida, pelo menos por alguns próximos anos. 
Normalmente o maior conflito se dá porque o casal ignora estas mensagens sobre suas diferenças de ideias e momento de vida e mesmo assim, continuam fazendo planos com o outro, ignorando as divergências, acreditando que em algum momento o outro irá mudar! Desde então podemos já dizer que não existe uma proposta firme, nem tão pouco saudável ou com chances de dar certo, mesmo que se casem. O casamento é um contrato sentimental e também prático assinado e desejado por ambas as partes. Então é preciso que os dois lados montem o contrato em conjunto, com dados reais obtidos das conversas e das atitudes que presenciam um do outro e com as necessidades de ambas as partes. Só assim saberão. 
Uma relação boa e com chances de futuro acontece quando ambas as partes sonham em conjunto e partilham uma sintonia de ideias e desejos. Quando os projetos de vida não coincidem ou não estão no mesmo tempo é muito provável que a relação sofra conflitos e mesmo que se amem muito, isto não é garantia de casamento ou de felicidade. Talvez algumas perguntas a serem feitas, para quem pensar em se casar sejam: 
  • Quem seu sou?
  • Para onde quero ir?
  • Por que me casaria?
Depois de se fazerem essas perguntas, podem trocar as respostas e analisae. Isso tende a evitar que alguém saia magoado ou frustrado. 
Casar pode sim ser muito bom. E, acreditem, pode dar certo desde a primeira vez! Há muitos casos confirmando este sucesso e talvez o que todos estes tenham em comum é a existência dos dois lados assinando o contrato com um interesse similar, uma harmonia de desejos e projetos. Estar em sintonia não é querer as mesmas coisas ou concordar com o outro, mas é preciso que ambas as partes sintam que estão ganhando ou somando os planos de vida e não atendendo um pedido ou cumprindo uma etapa de vida. 
Sugiro a todos os casais, namorados e os casados também, busquem um ao outro para conversar sempre e assumam seus planos de vida. Tentem buscar o respeito e a existência dos dois na relação. Observem seus sentimentos e também os objetivos práticos da vida atual e futura. Refletir se o casamento dará certo ou se é o momento certo ou não, pode ajudá-los a entender alguns conflitos e também a encontrar soluções. 
Espero que sejam felizes! 
Fonte: MinhaVida

24 de julho de 2014

NATAL ABRE CONCURSO PARA ACE E ACS; VEJA O EDITAL

O concurso para agentes comunitários e de endemias de natal. Realização das provas dia 21/09/2014. valor da inscrição R$ 50,00.
Escolaridade: Nível fundamental, com 12 questões de português, 08 de informática e 20 de conhecimento especifica de ACE e ACS
2.1. CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL
REMUNERAÇÃO: R$ 1.027,21 corresponde ao Vencimento Básico, podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. CARGA HORÁRIA: 40 Horas Semanais, divididas em dois turnos diários de 4 horas.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 50,00 (cinquenta reais)
2.1.2. CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE- Código 101 Nº DE VAGAS: 331
REQUISITOS: Ensino Fundamental Completo.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Utilizar instrumentos para diagnóstico demográfico e sociocultural da comunidade de sua atuação; executar atividades de educação para a saúde individual e coletiva; o registrar, para controle das ações de saúde, nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde; estimular à participação da comunidade nas políticas públicas como
estratégia da conquista de qualidade de vida; realizar visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco à família; participar de ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas públicas que promovam a qualidade de vida.
2.1.1. CARGO: AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS – Código 102 Nº DE VAGAS: 265
REQUISITOS: Ensino Fundamental Completo.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: atualizar o cadastro de imóveis, por intermédio do reconhecimento geográfico, e o cadastro de Pontos Estratégicos (PE); realizar a pesquisa larvária em imóveis, para levantamento de índices e descobrimento de focos, bem como em armadilhas e em PE, conforme orientação técnica; identificar criadouros contendo formas imaturas do mosquito; orientar moradores e responsáveis para a eliminação e/ou proteção de possíveis criadouros; executar a aplicação focal e residual, quando indicado, como medida complementar ao controle mecânico, aplicando os larvicidas indicados, conforme orientação técnica; registrar nos formulários específicos, de forma correta e completa, as informações referentes às atividades executadas; vistoriar e tratar os imóveis cadastrados e informados pelo ACS que necessitem do uso de larvicidas, bem como vistoriar depósitos de difícil acesso informado pelo ACS; encaminhar os casos suspeitos de dengue a unidade de Atenção Primaria em Saúde, de acordo com as orientações da Secretaria Municipal de Saúde; atuar junto aos domicílios, informando os seus moradores sobre a doença, seus  sintomas e riscos, o agente transmissor e medidas de prevenção; promover reuniões com a comunidade com o objetivo de mobilizá-la para as ações de prevenção e controle da dengue, sempre que possível em conjunto com a equipe de APS da sua área; reunir-se
sistematicamente com a equipe de Atenção Primaria em Saúde, para trocar informações sobre febris suspeitos de dengue, a evolução dos índices de infestação por Aedes aegypti da área de abrangência, os índices de pendências e as medidas que estão sendo, ou deverão ser, adotadas para melhorar a situação; comunicar ao supervisor os obstáculos para a execução de sua rotina de trabalho, durante as visitas domiciliares; registrar, sistematicamente, as ações realizadas nos formulários apropriados, conforme já referido, com o objetivo de alimentar o sistema de informações vetoriais.
8. DAS PROVAS OBJETIVAS
8.1. Os candidatos aos cargos de Agente Comunitário de Saúde e de Agente de Combate às Endemias (códigos 101 e 102) farão provas, de caráter eliminatório e classificatório, de acordo com o quadro do subitem 8.1.1.
8.1.1 Quadro de Provas
Fonte :portal.nata.lrn.gov.br

COORDENAÇÃO GERAL DE GESTÃO DA ATENÇÃO BÁSICA GARANTE: REPASSE DO PISO JÁ É FEITO DESDE FEVEREIRO PARA OS ACS


A Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador – BA (AACES) entrou em contato com a Secretaria de Atenção à Saúde para esclarecer as dúvidas sobre o repasse que garante o pagamento do piso nacional dos agentes de saúde, conforme a Lei 12.994, de 17 de junho de 2014, que institui o piso nacional da categoria e dá as diretrizes para o plano de carreira desses profissionais. A Sra. Aliadne Sousa, coordenadora geral de Gestão da Atenção Básica, informou que o repasse, dos agentes comunitários de saúde (ACSs), está sendo feito desde fevereiro, quando a Portaria 314, de 28 de fevereiro de 2014, aumentou o incentivo para R$1.014,00. Portanto, a verba para o cumprimento da lei do piso para os ACSs já está garantida.
No tocante aos agentes de combate às endemias (ACEs), a coordenadora disse que essa questão é da responsabilidade da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS). Diante dessa informação, a AACES entrou imediatamente em contato com a SVS e aguarda uma resposta sobre o respasse para o pagamento desses agentes.
Ainda ontem o secretário de Gestão, Alexandre Pauperio, contactou com a AACES informando que já enviou um representante da Gestão a Brasília, a fim de que obtenha esclarecimentos sobre o cumprimento do piso. E , em breve, estará marcando uma reunião para discutir o assunto. Dessa forma, a associação está atenta para cobrar o pagamento imediato do piso salarial nacional desses trabalhadores, sem mexer em um centavo sequer das gratificações. Logo abaixo está a resposta da Coordenação Geral de Gestão da Atenção Básica aos questionamentos da AACES.
.

“Prezado Ubiraci,

A Secretaria de Atenção à Saúde (SAS), por meio do Departamento de Atenção Básica é responsável pelo repasse do custeio dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), os Agentes de Endemia ficam sob responsabilidade da Secretaria de Vigilância em Saúde – SVS. No que diz respeito aos ACS já repassamos desde de fevereiro de 2014 o valor referente ao piso (PT 314 de fevereiro/2014 – anexo)

Segue os links de onde você pode encontrar detalhes sobre o repasse feito aos municípios.

link Fundo Nacional de Saúde

Sala de Apoio a Gestão - SAGE

segue contato na SVS  3315 3777 ou  3315 3706.

Att.

Aliadne Sousa
Coordenação Geral Gestão da Atenção Básica- CGGAB
Departamento de Atenção Básica - DAB
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Ministério da Saúde - MS
Edifício Premium SAF Sul – Quadra 2 – Lotes 5/6
Bloco II  - Subsolo  - Sala 10 - Brasília - DF CEP: 70.070-600

http://dab.saude.gov.br/  61. 3315.9099”

23 de julho de 2014

EM PARNAMIRIM (RN), PISO SERÁ PAGO EM AGOSTO, MAS EM SALVADOR A PREFEITURA NÃO CUMPRE A LEI 12.994

O piso salarial nacional dos agentes de saúde de Parnamirim-RN será pago a partir de agosto, depois que a categoria tirou o indicativo de greve e exigiu seus direitos.
Enquanto isso, os agentes de Salvador aguardam o cumprimento, por parte da prefeitura,  da Lei 12.994.

AGENTE DE SAÚDE VÃO RECEBER O PISO SALARIAL NACIONAL, APÓS A CATEGORIA FAZER INDICATIVO DE GREVE.

CONFIRAM: http://bioacs.blogspot.com

Piso salarial Nacional dos agentes de Saúde de Parnamirim-RN, será pago a partir de Agosto, depois que a categoria tirou  o indicativo de greve e exigiu seus direitos.
Fonte: Bio Acs

AACES É DELEGADA NA 4a. CONFERÊNCIA ESTADUAL DE SAÚDE DO TRABALHADOR E TRABALHADORA DA BAHIA

Como delegada, a Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador - Ba (AACES) participa da 4a. Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora da Bahia. O evento ocorre entre os dias 23 e 25 no Fiesta  Bahia Hotel, em Salvador.O evento tem como objetivo discutir os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e o dever do estado (4a.CEST).
O secretário da Saúde do Estado, Washington Couto, explica que a 4ª CEST é muito importante, pois vai discutir políticas públicas que visam a prevenção e proteção do trabalhador e da trabalhadora, “considerando que ainda hoje muitas pessoas são acometidas em acidentes no exercício de suas atividades no trabalho”.


Para Iranildo Domingos, Secretário de Saúde e Segurança da Força Sindical Bahia, “não se pode parar de fomentar a proteção e preservação da saúde dos trabalhadores. É nosso dever debater e cobrar que o tema seja socialmente reconhecido pelos diversos agentes sociais como o Estado, o empresariado, os gestores, os trabalhadores e suas representações”. A conferência é voltada para os trabalhadores e trabalhadoras dos setores formais, informais, domésticos, agrícolas, autônomos, servidores públicos, cooperativados, estagiários incluindo também os aposentados e outras representações da sociedade que pretendem contribuir na elaboração de estratégias e propostas coletivas de melhorias das condições de trabalho e promoção e proteção da saúde dos trabalhadores e trabalhadoras do estado.

Especialistas criticam cobrança de foro e dizem que prefeitura não tem mapeamento das áreas


Especialistas criticam cobrança de foro e dizem que prefeitura não tem mapeamento das áreas
Foto: Reprodução
Conforme o Bahia Notícias já tinha antecipado, a prefeitura de Salvador resolveu cobrar, indevidamente, depois de 15 anos, o pagamento do foro – espécie de aluguel de imóveis em terrenos da prefeitura. A cobrança tem chegado a residências cujos proprietários já pagaram e têm total direito ao terreno. Especialistas em direito público, ouvidos pelo jornal Tribuna da Bahia, criticaram o fato de a prefeitura enviar a cobrança sem ter um cadastro ou um sistema organizado sobre os domínios dos terrenos. A emissão de cobrança aleatórias, foi admitida pela gestão do prefeito ACM Neto (DEM), que, após notícia veiculada por este site, encaminhou nota para dizer que “os proprietários que possuem o domínio útil ou direito de uso e que não concordarem com a cobrança, poderão contestá-la exclusivamente pela internet. A contestação suspenderá a exigibilidade da cobrança até a deliberação do processo administrativo”. Para os especialistas ouvidos pelo jornal, a emissão de cobranças aleatórias vai gerar desconforto e uma confusão nos cartórios de Salvador. “A prefeitura não é organizada o suficiente para saber o que é terreno de domínio útil e quais são os de domínio direto. Está mandando notificação para todo mundo. Ao invés de assumir uma responsabilidade de organizar o cadastro, atualizá-lo, está transferindo para o cidadão a responsabilidade”, comentou o advogado Jackson Azevedo. Outro especialista em direito público, o advogado Mário Gusmão reclamou que a postura da gestão municipal só vai gerar mais trabalho para os cartórios. “Imagine que cada pessoa que quiser provar, terá que ir ao cartório, pedir certidão de inteiro teor do registro imobiliário para provar. Vai ser uma sobrecarga e um ônus financeiro que a prefeitura está obrigando o cidadão a arcar porque ela não tem um sistema organizado”, ponderou. 

Bahianotícias